Últimas novidades da Imprensa de Ciências Sociais

      Comentários fechados em Últimas novidades da Imprensa de Ciências Sociais

Os Secretários de Estado. Conflito e Liderança no Ministério, Pedro Silveira

O que fazem os secretários de Estado em Portugal? Como são escolhidos e que autonomia detêm? A relação com o ministro tende a ser conflituosa? E de que modo o ministro evita e lida com as divergências existentes? Este livro visa responder a estas questões, partindo de uma análise compreensiva da relação entre ministro e secretário de Estado, em Portugal para avaliar as divergências dentro do ministério. Conclui que uma liderança partilhada – assente na interacção  e no trabalho de equipa – é o factor mais importante para lidar  com a conflitualidade latente entre estes membros do governo.  Ao contrário da liderança tradicional, a liderança partilhada  promove a responsabilização do secretário de Estado, reforçando  os mecanismos de prevenção e resolução das discordâncias.

Órfãos do Império. Heranças Coloniais na Literatura Portuguesa Contemporânea, Patrícia Martinho Ferreira

Arrojado, lúcido e necessário, Órfãos do Império. Heranças Coloniais na Literatura Portuguesa Contemporânea é um estudo de charneira entre a crítica pós-colonial e a reconceptualização da literatura portuguesa contemporânea sob a égide de uma herança colonial e imperial que ainda hoje em dia assombra a sociedade portuguesa. Combinando leituras críticas de obras variadas, mas todas cruciais no seu registo da sociedade portuguesa, com um leque distinto, extenso e importante da mais atual teoria crítica, este estudo impõe-se pela sua originalidade, pelo seu forte contributo para os Estudos Portugueses e pelo diálogo internacional contínuo que estabelece com vertentes críticas ainda menos referidas em Portugal. De leitura obrigatória para todos os estudiosos da literatura contemporânea, este livro seminal e urgente constituirá um marco importante na crítica literária atual.

Paulo de Medeiros University of Warwick, UK

Ciência Política à Portuguesa. A disciplina contada pelos seus Protagonistas, Marcelo Camerlo, Andrés Malamud, Raquel Vaz-Pinto (organizadores)

A política é uma construção coletiva; a ciência política, também. Este livro é sobre alguns dos protagonistas que, em Portugal, abriram caminhos ou lideraram a caminhada no campo da Ciência Política. Mas não é apenas sobre eles, é também com eles. São os próprios que recordam o seu percurso, as suas dúvidas e os resultados atingidos.  E quem puxa o fio à meada são cerca de trinta estudantes de pós-graduação das mais importantes instituições do país, que aceitaram o desafio colocado pelos coordenadores para entrevistarem algumas das figuras de referência na sua formação enquanto cientistas políticos. Neste livro, a história encontra-se com o futuro – e são os próprios protagonistas a relatarem esse encontro.

Imagens relacionadas: