[encerrado] PRÉMIO APA “Margot Dias e Benjamim Pereira” (Antropologia da Imagem e do Som) – 2018

      Comentários fechados em [encerrado] PRÉMIO APA “Margot Dias e Benjamim Pereira” (Antropologia da Imagem e do Som) – 2018

A APA congratula e agradece a todos aqueles que participaram na segunda edição dos Prémios APA.

Os PRÉMIOS APA 2018 / 2019 – MARGOT DIAS E BENJAMIM PEREIRA são atribuídos a:

  • Categoria I – Filme Etnográfico: Otávio Raposo (“Na Quinta com Kally”)
  • Categoria II – Ensaio Audiovisual: Rui Mourão (“This voice is not my voice”)

[data de publicação dos resultados no site da APA: 11 de fevereiro de 2019]


PRÉMIOS APA MARGOT DIAS E BENJAMIM PEREIRA 2018 / 2019
SERIAÇÃO FINAL DE CANDIDATOS

CATEGORIA I: FILME ETNOGRÁFICO

1º – Otávio Raposo
2º – Eva Ventura Ângelo
3º – Catarina Leal
4º – André Castro Soares

CATEGORIA II: ENSAIO AUDIOVISUAL

1º – Rui Mourão
2º – Hélène Veiga Gomes
3º – Filipe Reis et al.


Relembramos que os trabalhos premiados serão apresentados publicamente no dia 22 de fevereiro de 2019 durante a Conferência Anual Raúl Iturra.

[clique para mais informação sobre a Conferência Anual Raúl Iturra]

[descarregar regulamento em PDF] 


PRÉMIO APA 2018
Margot Dias e Benjamim Pereira
(Antropologia da Imagem e do Som)

 

Regulamento

Considerando que é objetivo da Associação Portuguesa de Antropologia (APA) “promover e divulgar a Antropologia, contribuindo ativamente para a sua inserção e reconhecimento social em Portugal e no mundo”, e que é também responsabilidade da APA o reconhecimento da diversidade de formas de representação utilizadas pelos antropólogos nos seus processos de conhecimento do mundo, a instituição destes dois prémios anuais pretende assim dar visibilidade ao uso da imagem e do som nas suas mais variadas possibilidades e formatos. A APA ao instituir estes prémios homenageia igualmente dois dos precursores destas formas de representação na antropologia de Portugal.

Neste sentido, são propostas duas categorias:

CATEGORIA I: Filme Etnográfico
CATEGORIA II: Ensaio Audiovisual


JÚRI

1 – Para cada uma das categorias será composto um júri de 3 elementos (incluindo o/a Presidente). O/A Presidente será sempre um dos membros da direção da APA. Anualmente são convidados dois investigadores e/ou docentes em Antropologia para cada uma das categorias do prémio para completarem o júri.
2 – O júri para cada uma das categorias é anunciado em simultâneo com a abertura do concurso.
3 – O júri avaliará as propostas e reunirá entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019. O anúncio do filme e do ensaio vencedores será feito até ao final do mês de janeiro de 2019.
4 – O júri avaliará nas duas categorias, a originalidade, a atualidade e pertinência do trabalho, o contributo para o conhecimento na disciplina, a qualidade artística, criatividade e inovação conceptual e metodológica das propostas.


CONDIÇÕES DE CANDIDATURA

CATEGORIA I: FILME ETNOGRÁFICO

1 – Podem concorrer todos os sócios da Associação Portuguesa de Antropologia (com quotas em dia à data da candidatura).
2 – Podem ser submetidos filmes produzidos em 2017 e 2018, no âmbito de formações de 1º, 2º e 3º ciclo do Ensino Superior ou de uma investigação em curso.
3 – Cada autor pode candidatar apenas um trabalho.
4 – Os filmes (em versão curta, média ou longa metragem) deverão ser enviados em formato digital ou disponibilizados em plataformas online (VIMEO ou Youtube com acesso privado).
5 – Os autores deverão apresentar um mini-CV (máximo duas páginas) e ficha técnica – com sinopse e toda a informação relativa à produção e realização da obra.
6 – A proposta candidata e toda a documentação de suporte em formato digital deverão ser enviadas por e-mail para o secretariado da APA (secretariado.apantropologia@gmail.com) em em mensagem com o assunto “PRÉMIO APA – CATEGORIA I: FILME ETNOGRÁFICO”.
7 – Nenhum elemento do júri poderá apresentar-se a concurso.

CATEGORIA II: ENSAIO AUDIOVISUAL

1- Podem concorrer todos os sócios da Associação Portuguesa de Antropologia (com quotas em dia à data da candidatura).
2 – Cada proponente apenas pode apresentar uma obra.
3 – Podem ser apresentados ensaios audiovisuais produzidos ou publicados em 2017 e 2018 que tenham na sua base um vínculo a uma formação ou investigação em antropologia.
4 – O conceito de ensaio audiovisual, e porque queremos reconhecer a diversidade de possibilidades nas formas de representação, engloba produções em formato impresso (fotografia, desenho, gravura, etc.) publicadas em revistas ou jornais, ou expostas em exposições, obras performativas, gravações áudio nos mais variados formatos e outras modalidades imprevistas que não se inscrevam no formato do filme etnográfico.
5 – Os autores deverão apresentar um mini-CV (máximo duas páginas) e os elementos que considerem mais apropriados para que o júri possa ter a melhor avaliação possível da obra, com todos os elementos descritivos necessários que o ajudem a caracterizar, contextualizar e perceber o acesso público à mesma (e.g. sinopses, fotografias, registos audiovisuais, cópia de artigos publicados, etc.) (no máximo de 30 páginas).
6 – A proposta candidata e toda a documentação de suporte em formato digital deverão ser enviadas por e-mail para o secretariado da APA (secretariado.apantropologia@gmail.com) em em mensagem com o assunto “PRÉMIO APA – CATEGORIA II: ENSAIO AUDIOVISUAL.”
7 – Nenhum elemento do júri poderá apresentar-se a concurso.


PRAZO DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS
30 de novembro de 2018 (24:00)

VALOR DO PRÉMIO
250 Euros para cada uma das categorias. 

ENTREGA DO PRÉMIO
Os prémios serão entregues durante a Conferência Anual da Associação Portuguesa de Antropologia, a ter lugar na semana em que se celebra o dia mundial da Antropologia (18 Fevereiro).

CONSTITUIÇÃO DO JÚRI

CATEGORIA I: FILME ETNOGRÁFICO
Presidente do Júri: Humberto Martins (Direção APA; UTAD)
Sofia Sampaio (CRIA/ISCTE-IUL)
Rodrigo Lacerda (CRIA/FCSH NOVA/ISCTE-IUL)

CATEGORIA II: ENSAIO AUDIOVISUAL
Presidente do Júri: Humberto Martins (Direção APA; UTAD)
Sónia Vespeira de Almeida (NOVA FCSH)
Teresa Fradique (ESAD)

NOTAS:
As decisões do Júri são finais, não havendo lugar a qualquer tipo de recurso. 
A apresentação de uma candidatura pressupõe a aceitação integral e sem reservas do que está estipulado neste regulamento.
A APA reserva-se o direito de não atribuir os prémios, se não estiverem reunidas as condições identificadas no regulamento ou se os júris nomeados não reconhecerem qualidade suficiente nos trabalhos e projetos apresentados.
Os autores premiados devem apresentar o seu filme ou ensaio na Conferência Anual da Associação Portuguesa de Antropologia, a ter lugar na semana de 18 Fevereiro (Dia Mundial da Antropologia).

Imagens relacionadas: