Corpos sociais / Estatutos

Sobre a APA

A APA, Associação Portuguesa de Antropologia, é uma associação que se propõe representar a antropologia, as antropólogas e os antropólogos em Portugal. Fundada em 1989, na sequência da expansão da disciplina que teve lugar após a implantação do regime democrático em Portugal, a APA tem por missão promover o reconhecimento e a autonomia dos saberes e fazeres antropológicos no espaço público, no ensino e na ciência, contribuindo para a profissionalização da disciplina e a defesa dos direitos laborais das pessoas formadas nas áreas científicas da antropologia. A APA promove as competências antropológicas, defendendo valores de solidariedade, justiça e bem-estar das sociedades humanas e do planeta. A sua visão consiste em congregar praticantes e estudantes dos diversos domínios da antropologia de forma pluralista e inclusiva.


Estatutos da APA

Consulte aqui os Estatutos da APA.


Corpos sociais em funções (2023-2025)

DIREÇÃO

  • Presidente: Cristiana Bastos
  • Vice-presidente: Frederico Delgado Rosa
  • Tesoureira: Vanessa Iglésias Amorim
  • 1ª Vogal: Lurdes Pequito
  • 2º Vogal: Pedro Pereira
  • 3º Vogal: Rui Sá
  • 4ª Vogal: Simone Frangella

ASSEMBLEIA GERAL

  • Presidente: Teresa Fradique
  • Vice-Presidente: Paula Mota Santos
  • Secretária: Laura Almodovar

CONSELHO FISCAL

  • Presidente: Francisca Alves Cardoso
  • 1º Secretário: Carlos Guedes
  • 2º Secretário: João Baía

 

A APA é uma parte ativa da história da antropologia em Portugal. A comprová-lo está o facto de os seus corpos sociais envolverem, desde a sua fundação em 1989, grande parte da comunidade antropológica portuguesa. Para conhecer os integrantes das distintas direções e conselhos da Associação Portuguesa de Antropologia, ver aqui: https://www.apantropologia.org/apa/arquivo/mandatos-e-direcoes-anteriores/

Imagens relacionadas: