Conferência Memória e aceleração da História, resistência e movimentos sociais

      Comentários fechados em Conferência Memória e aceleração da História, resistência e movimentos sociais

Organização das linhas temáticas do Instituto de História Contemporânea “Usos do passado, memória e património cultural” e “Histórias Conectadas: Construção do Estado, Movimentos Sociais e Economia Política”, e do projecto “FAILURE: Reversing the Genealogies of Unsuccess, 16th-19th Centuries” (H2020-MSCA-RISE, Grant Agreement: 823998).

Comissão organizadora​:

Paula Godinho
Rui Mateus Pereira (1958-2020) Maria Alice Samara
Ema Pires
Xurxo Ayán Vila
Pedro Martins

Inscrição:

memoriamovimentossociais20@gmail.com

13 de Outubro

09h30 | Abertura

10h00 | ​Já não há classes? Novas subalternidades, resistências quotidianas e movimentos sociais Moderador: Pedro Martins (IHC — NOVA FCSH)

Sara Aranha (doutoranda Antropologia NOVA FCSH e ISCTE-IUL): ​Na Terra do Nunca: uma etnografia sobre convivialidades e informalidade nas praias fluviais do Barreiro

João Carlos Louçã (IHC — NOVA FCSH): ​Do otimismo da vontade às possibilidades em curso
José Nuno Matos (ICS — ULisboa)​: ​“Para não morrer de saudades”: um olhar sobre o jornalismo a partir

do percurso socioprofissional de ex-jornalistas
Lourdes Vicente (Professora IFCE, militante MST): ​Mulheres em Luta semeando resistências Fernando Oliveira Baptista (ISA — ULisboa): ​A terra, o trabalho agrícola e a questão social

14h00 | ​Movimentos pela habitação
Moderadora: Sandra Monteiro (Diretora do Monde Diplomatique)

Rita Ávila Cachado (ISCTE-IUL): ​Políticas sociais lentas, resistências lentas. O caso dos hindus da Quinta da Vitória

André Carmo (Universidade de Évora e CICS.NOVA): ​A Quinta do Braamcamp no Barreiro: património, memória e resistência

Ana Estevens (CEG — ULisboa): ​A luta de classes da macro para a micro escala. O caso do bairro do Raval em Barcelona

Jannis Kühne (doutorando Antropologia NOVA FCSH e ISCTE-IUL): ​A luta pelo Direito à Habitação: Bairros em movimento na Área Metropolitana de Lisboa

16h00 | ​Género, resistência e movimentos sociais Moderador: Manuel Lisboa (NOVA FCSH)

Rafael Cáceres Feria (Universidad Pablo de Olavide, Sevilha): ​Invisibilización y olvido: Lesbianas bajo el franquismo.

Raquel Afonso (IHC — NOVA FCSH): ​Homossexualidade, lesbianismo e resistência nas ditaduras ibéricas do século XX: apontamentos para um estudo comparativo

José María Valcuende del Río (Universidad Pablo de Olavide, Sevilha): ​Memorias LGTBI y Mercado turístico

Ema Pires (IHC — Universidade de Évora) ​“Poupar para o Garrafão”: Mulheres, resistências e reciprocidadesno​C​ entro-SuldePortugal.

Dia 14 de Outubro

10h00 | ​Indigenismo, resistências e movimento anticolonial Moderação de Diana Andringa (CES — Universidade de Coimbra)

Carlos Benítez (USC / CHAM — NOVA FCSH) ​A dimensão indígena do selvagem europeu: a construção do imaginário contemporâneo latino-americano sobre os povos indígenas

Nuno Domingos (ICS — ULisboa)​ ​O colonialismo português e a produção da diferença

Bruno Sena Martins (CES — Universidade de Coimbra): ​A violência colonial e a descolonização da

memória

Inês Nascimento Rodrigues (CES — Universidade de Coimbra): ​Lutas Anticoloniais e Políticas da Memória: uma mnemohistória da figura do combatente em Cabo Verde (1975-2020)

Miguel Cardina (CES — Universidade de Coimbra): ​Cabo Verde e a memória da libertação

12h00 | ​Movimentos sociais, literatura, arte e museologia Moderação: Ana Maria Pereirinha (Doutoranda FLUL)

Raquel Ribeiro (University of Edinburgh, Edimburgo): ​“El (des)encanto del regreso”: Angola, internacionalismo e dissonâncias na literatura cubana dos anos 80

António Mota Redol (Associação Promotora do Museu do Neo-Realismo) ​As migrações na obra de Alves Redol

Vera Marques Alves (IHC — NOVA FCSH): ​O Museu de Arte Popular pensado a partir de uma museologia crítica

Carina Infante do Carmo (CEC-FLUL e Universidade do Algarve​): ​Camões, patrono-emblema de escritores no pós-Abril contra-revolucionário

14h00 | ​Políticas de Memória, patrimónios do porvir

Moderação de Ema Pires (IHC — Universidade de Évora)

Dulce Simões (INET — NOVA FCSH​) – ​Desclassificar, imaginar, agir e pensar sobre o mundo

Fernando Rosas (IHC — NOVA FCSH)​ O​ Museu de Peniche no quadro das lutas em torno da memória

Manuel Loff (IHC — NOVA FCSH / Universidade do Porto​) ​Guerra e violência colonial: uma (des)memória política

Alice Samara e Vanessa Almeida (IHC — NOVA FCSH) “​ Isso já não existe nada, isso tudo já acabou – Pensar a reforma agrária através das imagens de uma investigação em curso”

Ana Sofia Ferreira (IHC — NOVA FCSH​) – ​O silêncio das armas

16h00 | ​O sabor das revoluções
Moderação de Vítor Oliveira Jorge (IHC — NOVA FCSH / SPAE)

Paula Godinho (IHC — NOVA FCSH): ​Porvir e aceleração da história: experiência, expectativa e acção entre as mulheres sem-terra do Ceará

Raúl Contreras (Centro de Investigaciones Interdisciplinarias en Ciencias y Humanidades — Universidad Nacional Autónoma de México) ​Con los pies en la tierra: la recampesinización como práctica y utopía en tres contextos latinoamericanos.

João Baía (CIES-IUL) M​ emória agridoce da revolução em três tempos: medo, esperança e desilusão a partir de uma Operação SAAL

Ricardo Noronha ​(IHC — NOVA FCSH) ​”Q​ ual é o valor da tua ferramenta?” – economia política e conflitos sociais durante o PREC (1974-75)

Adelaide Gonçalves (Professora do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Ceará)​ ​”Entre a Terra e a terra” em Movimento.

18h00 | Encerramento

Imagens relacionadas: