Celebrando a Antropologia | Dia Mundial da Antropologia & Jornadas da Antropologia Europeia | 22 de fevereiro, 18h, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência

A APA convida toda a comunidade antropológica a juntar-se ao Dia Mundial da Antropologia & Jornadas da Antropologia Europeia! 22 de fevereiro de 2024 às 18h00, Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em Lisboa. Contamos com a presença de tod@s!


Entrada Livre


Conferência Anual Raúl Iturra, por Nélia Dias

As culturas do petróleo e as culturas do património: cruzamentos, impactos e legados contemporâneos

O cruzamento entre as petroculturas (sendo este termo utilizado para descrever a forma como os imaginários sociais, os discursos económicos e a compreensão da modernidade são moldados pelo petróleo) e as culturas patrimoniais remonta na Europa aos tempos do início dos processos de construção da nação. Contudo, os paralelismos e as afinidades entre o petróleo “como formação histórica” e o património como formação histórico-nacional têm sido pouco explorados. Esta comunicação procura analisar, por um lado, a emergência simultânea das petroculturas e das culturas patrimoniais e as inter-relações entre ambas, e, por outro lado, os impactos da produção e do consumo de petróleo nas práticas do passado e do presente do património cultural.

A comunicação irá explorar a maneira como a petrocultura produz o seu próprio património através da reutilização de infraestruturas de combustíveis fósseis, como por exemplo a transformação de plataformas petrolíferas em instalações artísticas. Muitos locais industriais foram preservados como paisagens culturais e/ou transformados em destinos culturais e em “experiências” patrimoniais; paralelamente, as mudanças nos sistemas de trabalho relativos à extração do petróleo e do gás foram acompanhadas pela musealização e valorização das tecnologias e dos modos de vida a ela associados. Estes processos de transformação são retratados, nas narrativas patrimoniais e museológicas, numa perspetiva que reforça e valoriza os combustíveis fósseis e o progresso tecnológico.

A forte influência da indústria fóssil sobre o sector cultural através do financiamento empresarial convida a refletir sobre os valores e práticas subjacentes à preservação de objetos, sítios industriais e paisagens e a repensar o papel do património na transição ecológica.

⃰ Projeto 101132385 – PITCH financiado pelo HORIZON-CL2- 2023-HERITAGE-01