Apelo ao envio de propostas | Etnográfica Press

      Comentários fechados em Apelo ao envio de propostas | Etnográfica Press

Etnográfica Press
U
m novo projeto editorial para a antropologia e outras ciências sociais

A Etnográfica Press pretende colocar à disposição de um público alargado obras relevantes das ciências sociais e humanas, em particular lusófonas. Mais especificamente dedicado à antropologia, mas aberto a outras disciplinas (história, sociologia, geografia, estudos culturais…), o catálogo contem obras inéditas e reedições de livros provenientes de coleções antigas e prestigiadas. Os livros são publicados em formato digital, com possibilidade de print-on-demand. O projeto inscreve-se na perspetiva do desenvolvimento da edição eletrónica em acesso aberto: integra a OpenEdition Books, plataforma do portal OpenEdition de recursos informáticos em ciências sociais e humanas, que assegura uma difusão institucional e comercial internacional dos seus títulos na internet.

Coordenada pela direção do Centro em Rede de Investigação em Antropologia, acompanhada pelo mesmo conselho científico internacional que a revista Etnográfica, a Etnográfica Press acolhe obras inéditas selecionadas num processo de peer-review anónimo. Convidam-se os investigadores a apresentarem propostas inovadoras e sustentadas em sólida etnografia ou reflexão teórica. Os títulos repartem-se entre três coleções com linhas editoriais distintas:

Portugal de Perto: série constituída pela reedição integral dos 44 títulos da conhecida coleção de etnografia portuguesa dirigida por Joaquim Pais de Brito, publicada entre 1982 e 2006 pelas Edições Dom Quixote e direcionada tanto a especialistas como ao grande público.

Antropologia: visando inicialmente colmatar lacunas de reedição de trabalhos importantes da antropologia lusófona, esta coleção generalista acolherá também obras inéditas, procurando acompanhar as evoluções teóricas, metodológicas e temáticas da disciplina. Aberta a contribuições das outras áreas das ciências sociais e humanas, a coleção pretende igualmente facultar ao mais amplo público textos de iniciação à análise social e cultural.
Comissão editorial: Antónia Lima (coordenação), Emília Margarida Marques, João Leal.

Etnográfica Books: o projeto coloca-se na senda do trabalho editorial realizado pela revista Etnográfica e visa publicar textos mais desenvolvidos e aprofundados. Abordando uma grande diversidade de contextos etnográficos, a coleção privilegia a qualidade da pesquisa empírica, a diversidade de perspetivas analíticas e a inovação teórica, editando livros nas 4 línguas cuja coexistência constitui uma das originalidades do projeto editorial do CRIA (português, inglês, francês, castelhano). Aberta ao uso do método etnográfico por parte de outras ciências sociais e promovendo o diálogo entre tradições intelectuais diversas, a Etnográfica Books pretende constituir um polo de experimentação e criatividade formal: ambiciona explorar as estimulantes possibilidades de hipertextualidade proporcionadas pela edição multimédia e que têm um interessante potencial para a divulgação de investigações de carácter etnográfico.
Comissão editorial: Jean-Yves Durand (coordenação), Elizabeth Challinor, Miguel Vale de Almeida.

Normas editoriais:

Os documentos submetidos para publicação podem ter a extensão julgada necessária pelos autores, que será avaliada pelas comissões editoriais e pelos leitores externos. As propostas devem incluir um título e até seis palavras-chave em duas línguas: na língua do texto e em português/inglês. 

Identificação do autor:

O autor deverá estar identificado pelos seguintes elementos: nome, filiação institucional (centro de investigação, departamento, universidade), país e endereço de e-mail publicável, nota biográfica (máximo de 10 linhas). Esta identificação é ocultada quando os textos são submetidos a pareceres externos.

Envio de propostas e sistema de avaliação:

Os documentos devem ser enviados para o endereço etnograficapress@cria.org.pt em ficheiro de texto (Word ou equivalente). A seleção das propostas recebidas é da responsabilidade das comissões editoriais e segue um rigoroso sistema de arbitragem por pares, com pareceres de colaboradores externos, em regime de anonimato bilateral.

[+ info]

Imagens relacionadas: